Carreiras

Cada vez mais podemos perceber que a nossa jornada profissional, tanto quanto nossa vida pessoal, não segue uma trajetória linear. Apesar de todas as inseguranças e incertezas em tomar um caminho completamente diferente do que foi inicialmente planejado, muito tem se falado sobre transições de carreira bem sucedidas, principalmente na área de tecnologia.

É importante considerar que, na maioria das vezes, essa mudança depende de ações e iniciativas do próprio indivíduo e que alguns aspectos e características são decisivos para o resultado desse processo.

Entretanto, falando como alguém que mudou completamente o rumo da sua vida profissional e que hoje pode dizer que foi uma das melhores escolhas que já fez, vale a pena!

Por que tantos profissionais têm procurado transicionar para TI?

Não é difícil perceber que a tecnologia está em todos os lugares. Isso é uma realidade tão presente em nossas vidas que às vezes nem percebemos. Praticamente tudo o que é comercializado ou consumido seja para necessidades básicas, profissionais ou lazer está envolvido de alguma maneira com processos digitais e automatizados.

A pandemia, em decorrência do COVID-19, que teve início em 2020, estimulou ainda mais a procura por soluções que permitissem a continuidade das atividades, mesmo à distância, devido ao isolamento social estabelecido.

No comércio, a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) constatou um aumento de 180% em transações eletrônicas para aquisição de produtos nas categorias de alimentos, bebidas, beleza e saúde, comparado ao mesmo período do ano anterior.

Nesse momento, as empresas que não estavam preparadas para absorver a tecnologia em seus processos acabaram enfrentando dificuldades ou até precisaram encerrar as atividades.

As escolas e universidades precisaram implementar o ensino à distância (EAD) de forma integral e isso foi possível graças às plataformas de streaming e vídeo-chamadas, que permitiram o tráfego de dados multimídia através de dispositivos conectados à internet. Além disso, também utilizaram outras ferramentas para aplicação de provas, avaliação de alunos, canais de comunicação e vídeo-aulas.

Esses e outros acontecimentos serviram para acelerar consideravelmente as demandas por profissionais de TI que, mesmo após o retorno de grande parte das atividades presenciais, e com a diminuição do número de casos da doença no final de 2021, o mercado ainda se encontra aquecido na busca por pessoas capacitadas para trabalhar na área.

Outro fator bastante atrativo é a possibilidade do trabalho remoto. Profissionais de Tecnologia da Informação frequentemente possuem liberdade para trabalhar em qualquer lugar, desde que possuam um notebook e acesso à internet.

Apesar de algumas pesquisas no último ano terem apontado desafios ao tentar conciliar ambiente domiciliar com essa modalidade de jornada de trabalho à distância, muitos ainda consideram como uma vantagem ter a alternativa de não precisar trabalhar presencialmente. Este fato também implica que as barreiras de locomoção para o trabalho diminuíram e hoje é comum ver pessoas trabalhando para empresas de outros países.

Quais são os principais cargos de atuação?

Acompanhando a ascensão do setor, os principais cargos que se encontram com alta procura por profissionais são:

  • Programador de computador;
  • Especialista em UI (User interface) e UX (User Experience);
  • Cientista de Dados;
  • Analista de Business Intelligence;
  • Gestor de Projetos;
  • Product Owners;
  • Product Managers.

Ao contrário do que muitos ainda pensam, alguns desses cargos não exigem formação específica em tecnologia e alguns cursos costumam precisar de menos tempo para sua conclusão. Na verdade, o aprendizado de um profissional de TI nunca tem fim. Então, apesar da graduação trazer uma boa base de conhecimento, a atualização de novas tecnologias e a busca pelo aprendizado acabam sendo mais relevantes durante o estabelecimento da carreira.

É comum encontrar pessoas formadas em Administração, Direito, Economia, além de cursos da área de Ciências Humanas exercendo funções como Gerente de Projetos, Product Owners e Product Managers. Também existe a possibilidade de realizar pós-graduações e cursos de especialização mais aprofundados tecnicamente como as carreiras de:

  • Ciência de Dados;
  • Engenharia de Software;
  • Business Intelligence;
  • Inteligência Artificial;
  • Desenvolvimento;
  • Jogos Digitais.

Da mesma maneira, as especializações em gestão e liderança podem ser aproveitadas para os cargos de gerência de pessoas e processos em empresas de TI, caso o profissional não tenha interesse ou vocação para seguir um contexto mais técnico.

Alguns cursos livres também oferecem uma gama de formações que podem ser utilizadas para exercer funções de tecnologia. Algumas plataformas com estes cursos são:

Como começar o processo de transição de carreira?

Cada pessoa tem um processo diferente até tomar a decisão de mudar de profissão, mas é muito importante ter o autoconhecimento para identificar se realmente é algo que vai se encaixar na sua rotina de vida e de trabalho.

O fato de você não gostar do seu cargo atual não implica dizer que a transição de carreira é a melhor saída. A atualização e aprendizado constante são características essenciais para um bom profissional de TI e se você não gosta muito de novidades, talvez esse não seja o melhor caminho.

No meu caso, todo esse processo iniciou aos quase 30 anos de idade, quando eu me vi trabalhando numa área tranquila, porém pouco desafiadora, além de não haver possibilidade de crescimento profissional.

A decisão de ingressar no Bacharelado em Ciência da Computação foi fortemente embasada na grade curricular do curso e essa é uma dica que eu costumo dar para pessoas que estão em dúvida de qual curso escolher. Ao observar quais matérias o curso possui, pude ter uma visão de como seriam os próximos anos, quais assuntos eu teria que aprender, que possíveis desafios eu teria que enfrentar e isso tornou a minha decisão bem mais fácil.

Para quem já está no mercado de trabalho, também é importante considerar se a sua rotina existente vai permitir dedicação aos estudos, mesmo que sejam de cursos livres ou de especialização. O mais importante é não desistir!

Alguns dias (ou noites) vão ser mais difíceis do que outros, algumas horas de sono podem ser privadas, assim como pode ser necessário abdicar de eventos sociais em prol do bem maior. Uma boa tática é pensar que trata-se de uma fase passageira, que vai dar bons frutos num futuro cada vez mais próximo.

Caso dedicar pelo menos 2 anos em uma graduação não seja uma opção, você pode procurar cursos de especialização e formação, além de buscar certificações específicas para profissionais de TI. Algumas delas são:

  • Certificação ITIL - Fundamentos sobre o gerenciamento de serviços de TI;
  • Certificação CISSP - Arquiteturas de Segurança da Informação que garantem a segurança de ambientes corporativos;
  • Certificação PMP - Padrão para certificação em Gestão de Projetos.

A construção de um portfólio de projetos e a atualização dos certificados em plataformas de uso profissional como Linkedin também contribuem. Recrutadores de empresas de tecnologia costumam utilizar com frequência esse tipo de rede para entender melhor sobre a formação e as características do profissional, além de ser um ótimo canal para manter o networking e conhecer as principais tendências de mercado.

Algumas empresas, como a Vsoft, também trabalham com parcerias com universidades públicas e particulares, criando laboratórios de estágio e eventos para captação de talentos. Um exemplo é o evento Tech Heroes, que é aberto para estudantes de várias áreas, não somente de tecnologia, e possui desafios em equipes com premiações em dinheiro.

Esse tipo de ação estreita a relação entre recrutadores e profissionais e aumenta as chances de ingressar no mercado, além de agregar conhecimento e experiência em projetos que se assemelham à realidade profissional.

Conclusão

Além de ser completamente possível, a transição de carreira para a área de TI, pode mudar completamente a sua vida, como mudou a minha. Cada pequeno passo importa para o resultado final e é muito importante respeitar o processo e ter paciência.

O melhor momento de começar é exatamente agora. Você pode iniciar alguns cursos gratuitos online, pesquisar sobre o mercado e entender melhor as profissões do setor, criar um planejamento com etapas e um cronograma para melhor organização.

Caso você ainda esteja na fase de descobrir se isso é para você, procure ler mais sobre as profissões de TI em ascensão e quais são as atividades que desempenham, assim como quais são os requisitos exigidos para se candidatar a uma vaga.

Mesmo que as exigências estejam além do seu domínio, se for uma vaga que se encaixe nas suas expectativas, não deixe de se candidatar. Muitas empresas acabam contratando baseado no andamento da entrevista e nas soft skills, como comunicação, trabalho em equipe, habilidades de comunicação, liderança e capacidade de resolver problemas.

Tem interesse em migrar para a área de TI? Não deixe de conferir nossas vagas através do site https://vsoft.gupy.io/.

Success! You're signed up
Oops! Something went wrong while submitting the form.
go  top