Governo digital

Segundo dados da pesquisa da MCKinsey Digital, o crescimento do número de pessoas com identificação no Brasil poderia elevar em 3% o PIB brasileiro, até 2030. Pressupõe-se que, anualmente, somente com a obtenção de documentos de forma separada, os brasileiros gastem cerca de R$ 7 bilhões.

A tecnologia alterou de forma indiscutível as relações humanas, e no momento em que vivemos é extremamente importante que as instituições forneçam a seus usuários um documento de identidade que traga comodidade e segurança.

Vários Estados estão mudando seus modelos de documentação de identificação para o digital. E o Governo do Rio Grande do Norte não fez diferente. Foi mais um que lançou neste mês, para todo cidadão potiguar, o novo formato do documento.

O novo RG digital substituirá todos os documentos numerados em sua superfície e será integrado com outros registros que já existem de forma virtual, como, por exemplo, a CNH, Cartão do SUS, Carteira de Trabalho, CPF, Título de Eleitor, Identidade Profissional, tudo isso em um só documento, podendo até ser inserido, se preferir, o seu tipo sanguíneo. Acessado de um celular smartphone, acaba tornando a proteção aos dados de cada cidadão bem mais assertiva.

Sistema Automatizado de Identificação Biométrica (ABIS)

É utilizada uma solução robusta para atender a todas as necessidades de identificação e biometria e, ainda, preparada para se conectar a qualquer outro sistema do mercado. Oferece condições avançadas de inteligência artificial e segurança da informação, procurando permitir que o processo de identificação populacional se modernize cada vez mais.

Como principal elemento, a biometria emprega o Sistema Automatizado de Identificação Biométrica (ABIS), uma das mais modernas plataformas de identificação humana do Brasil, sendo utilizado para gerenciamento de identidade biométrica em larga escala com suporte a reconhecimento de impressão digital, facial e outras características.

A tecnologia utilizada para a construção do RG Digital do Rio Grande do Norte é fornecida pela Vsoft, empresa especializada em identificação de pessoas e certificação de processos. Como explica Gisele Cordeiro, Product Owner da Vsoft, “a solução permite integrar biometria da face e digitais. Desta forma, o acesso aos dados individuais só pode ser feito pelo próprio cidadão, evitando fraudes e uso indevido de informações pessoais.”

Ela permite, por exemplo, que os órgãos de segurança identifiquem, rapidamente, possíveis fraudes em todo o território, facilitando a ação contra essas infrações.

Benefícios do RG Digital

Entre os grandes benefícios do RG Digital, está a possibilidade de cadastrar uma série de informações úteis para o cidadão. É permitido que 11 números de documentos diferentes sejam integrados e, consequentemente, reduza problemas relacionados à perda de documentos físicos, por exemplo.

Além disso, também é permitido que a administração da plataforma padronize a forma como os dados são armazenados e protegidos, o que também pode significar ganhos significativos para a segurança pública.

A tecnologia traz melhorias futuras no atendimento ao indivíduo em serviços públicos e, ainda, pode facilitar a atualização cadastral no relacionamento entre empresas privadas e clientes.

Ademais, como a segurança é fundamental nessa situação, caso o cidadão perca seu smartphone, as informações no aplicativo não poderão ser acessadas por terceiros, porque a cada novo login, o sistema solicita novamente a verificação de identidade.

Conheça mais detalhes sobre as tecnologias do RG Digital no site do Certfy.

Success! You're signed up
Oops! Something went wrong while submitting the form.
go  top