Certificação de processos

No ano de 2016, no estado de Pernambuco, a Vsoft iniciou suas atividades no monitoramento de aulas práticas para formação de novos condutores com seu produto SuperPratico. Nesse texto falaremos sobre como é o funcionamento do produto e como ele auxilia os Centros de Formação de Condutores a monitorar as aulas práticas de direção (CNH) usando inteligência artificial e seguindo as normas dos órgãos reguladores.

O monitoramento é exigido pelo Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), órgão máximo normativo da política nacional de trânsito. Ele também é responsável pela regulamentação do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a fim de garantir que os Centros de Formação de Condutores (CFCs) estejam seguindo as regras e determinações dos Departamentos Estaduais de Trânsito (DETRANs), os órgãos reguladores em cada estado.

De lá para cá, a Vsoft já atua em oito estados com o monitoramento de aulas práticas, utilizando da sua tecnologia de leitura biométrica digital e facial. Esta tecnologia é reconhecida internacionalmente, e com isso, foi possível trazer para o mercado nacional um diferencial quanto à autenticação e monitoramento de aulas.

Dessa forma, juntamente com uma equipe altamente qualificada, é possível assegurar que:

  • As aulas sejam ministradas regularmente e analisadas da melhor forma;
  • Os candidatos à CNH estejam recebendo todos os conteúdos obrigatórios em suas aulas; 
  • É possível comprovar que o candidato realizou todas as aulas obrigatórias, pois as informações foram registradas durante as aulas;

Com estas garantias, o candidato está apto a seguir para a prova prática, que é realizada no Detran de seu estado.

Quais são as principais funcionalidades do sistema de monitoramento da Vsoft?

O sistema de monitoramento de aulas, conta com 3 principais funcionalidades:

1. Verificação 1:1: verifica se a pessoa é a mesma que foi cadastrada através de sua informação biométrica em menos de 1 segundo;

2. Inteligência artificial: identificação de possíveis fraudes a partir da análise de dados e imagens;

3. Integração através de API: integração a sistemas ou bases de dados externas através de API.

Mas não é só isso, pois durante toda a execução da aula, as capturas das imagens passam por um processo de Internet of Things (IoT) que contempla:

- Autenticação da identidade do candidato;

- Autenticação da identidade do instrutor; 

- Monitoramento por Inteligência Artificial (IA);

- Monitoramento humano.

Esses processos são realizados durante e após o monitoramento para evitar que haja fraude. Quando alguma aula tem um alerta de possível irregularidade gerado, nosso time de especialistas em análises antifraude atua com uma análise humana, confirmando, ou não, o que foi gerado pelo sistema.

O que é preciso para realizar o monitoramento?

Todo o monitoramento é realizado com o auxílio de apenas dois aparelhos smartphones: um com o módulo Super Prático Instrutor e o outro com o módulo Super Prático Coletor.

A comunicação entre os aparelhos é feita através do bluetooth, onde as informações, que já deverão estar no banco de dados do SP-Coletor (previamente configurado), serão verificadas após a autenticação realizada no SP-Instrutor, e se compatíveis com os dados previamente cadastrados, tanto no órgão competente (de cada Estado) quanto em nossa base de dados, o aparelho com o SP-Coletor permitirá a abertura da aula.

A abertura de aula é algo simples, e seguindo alguns passos no aparelho SP-Instrutor, em poucos minutos, o instrutor e o candidato já poderão estar no veículo, executando a aula.


Como funcionam as aplicações SP-Instrutor e SP-Coletor?

Nas seções seguintes mostraremos o funcionamento de cada uma das aplicações.

Funcionamento do módulo SP-Coletor

Todas as funcionalidades podem ser conferidas na imagem abaixo.

1. Indicação do estado o qual a aplicação pertence, com a bandeira do mesmo inserida na logo;

2. Local onde ficarão sendo exibidas cada foto tirada durante a execução da aula;

3. Placa do veículo que está configurado no aparelho;

4. Categoria do veículo;

5. Data e hora da última sincronização. Informações trazidas da base de dados do CFC, que se encontra em nossa base de dados;

6. Data e hora do último envio de aula. Sempre que o aparelho enviar todas as aulas, ficará o registro do último envio;

7. Serial/IMEI do aparelho, o qual também é armazenado em nossa base de dados, para não haver duplicidade de aparelhos para mais de uma placa;

8. Botão para realizar uma sincronização/envio de aulas manual. Ainda que a própria aplicação realize os processos automaticamente quando estiver conectado à uma rede WiFi;

9. Botão de uso do suporte;

10. Hora atualizada, padrão GMT -03:00;

11. Temperatura ambiente. Para facilitação da correta manutenção dos aparelhos, que em altas temperaturas, tendem a reiniciar/desligar sozinhos;

12. Confirmação da permissão da câmera para o monitoramento;

13. Confirmação da permissão do GPS para o monitoramento;

14. Versão da aplicação.

SP-Coletor

A sincronização desta base no aparelho SP-Coletor acontece através de uma conexão à internet, em que o aparelho armazenará as informações e, sempre que sincronizado, trará toda nova informação da base de dados do CFC. Na própria aplicação será mostrada a data e hora da última sincronização que foi inserida após a última sincronização registrada.

SP-Coletor

Após isso, o aparelho SP-Instrutor deverá encontrar a placa do aparelho SP-Coletor o qual deseja sincronizar via bluetooth, para que possa dar início à uma aula prática.

Funcionamento do  módulo  SP-Instrutor

Todas as funcionalidades podem ser conferidas nas imagens abaixo.

1. Botão para encontrar o veículo através do bluetooth;

1.1 Indicação de busca de aparelhos SP-Coletores próximos;

1.2 Lista de aparelhos encontrados;

1.3 Botão para cancelar a busca ou sincronização;

1.4 Botão para confirmar a sincronização após selecionar a placa desejada.

SP-Instrutor

2. Placa do veículo ao qual está sincronizado;

3. Campo para inserir o CPF do instrutor que ministrará a aula;

4. Campo para inserir o CPF do cidadão que participará da aula;

5. Campo para inserir o valor do hodômetro no início da aula;

6. Botão para abrir a câmera da validação biométrica facial do instrutor;

7. Botão para abrir a câmera da validação biométrica facial do candidato;

8. Botão para iniciar a aula após inserção dos dados anteriores;

9. Versão da aplicação.

SP-Instrutor

O módulo SP-Instrutor funcionará como um “gatilho”, disparando informações para o SP-Coletor, que por sua vez, detém todas as informações da base de dados. Após a confirmação de compatibilidade e mediante as verificações realizadas previamente, a aula será iniciada.

Após a autorização de execução da aula pelo aparelho SP-Coletor, ele deverá ser posicionado no painel do veículo para que sua câmera frontal consiga capturar imagens do instrutor e do aluno durante toda a execução da aula.

Para iniciar uma aula, o módulo SP-Instrutor coleta dados do usuário durante dois momentos.

Primeiro momento - Dados de identificação dos usuários e do hodômetro

- Dados do candidato (CPF e biometria facial);

- Dados do instrutor (CPF e biometria facial);

- Valor do hodômetro no início da aula.

Passo 1 - Inserir os CPFs:


SP-Instrutor


Passo 2 - Realizar a coleta da biometria facial:

SP-Instrutor

Passo 3 - Após as capturas das biometrias serem validadas, passar para o próximo momento, pressionando “entrar”.

SP-Instrutor

Segundo momento - Informações sobre a aula do candidato

- Plano de aula que será ministrado;

- Quantidade de aulas que serão ministradas.

Passo 1 - Pressionar “plano de aula” para selecionar o conteúdo e inserir os selecionados.

SP-Instrutor
SP-Instrutor

Passo 2 - Selecionar a quantidade de aulas e pressionar em “iniciar”.

SP-Instrutor

Após a aula ser iniciada no SP-Instrutor, o aparelho SP-Coletor iniciará as capturas das imagens durante a execução.

SP-Coletor

Quando chegar ao término do tempo de aula selecionada, o instrutor deverá encerrar a aula no aparelho SP-Instrutor, classificando os conteúdos ministrados e realizando as validações biométricas faciais, dele e do aluno. O processo das validações é o mesmo da abertura, sem a necessidade de inserir os CPFs novamente.

SP-Instrutor

Por fim, inserir o valor do hodômetro no final da aula, e pressionar em “encerrar”.

SP-Instrutor
SP-Instrutor

Uma vez que este processo é concluído, ambos os aparelhos estarão prontos para a abertura de uma nova aula.

Se o CFC desejar realizar o envio da aula de imediato, basta deixar o aparelho SP-Coletor conectado à internet via WiFi, e o próprio sistema fará o envio da aula para o servidor.


Conclusão

Nosso sistema está em constante evolução, se adaptando às demandas do mercado e com inovações em sua tecnologia. Outro diferencial do sistema da Vsoft é o atendimento às exigências das portarias dos órgãos reguladores de cada estado, possibilitando atuar de forma única e atendendo a todas as particularidades.

Um dos principais destaques da solução é a tecnologia de leitura biométrica que é reconhecida internacionalmente. Para isso, nosso time de profissionais altamente qualificados trabalham com empenho para melhorar a eficiência dos produtos e a experiência final dos usuários.

Se interessou em conhecer mais sobre o produto SuperPrático e em como ele ajuda no monitoramento de aulas de direção? Você pode conferir mais informações e também entrar em contato conosco através do nosso site oficial.

Success! You're signed up
Oops! Something went wrong while submitting the form.
go  top